Publicidade

Estado de Minas

Motoristas invadem faixa de ônibus na estreia do corredor exclusivo na EPTG


postado em 01/02/2012 06:03 / atualizado em 01/02/2012 06:14

Carros de passeio e motocicletas atropelaram o primeiro dia de implantação da faixa exclusiva para ônibus,táxis e vans escolares na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Motoristas de carros particulares e motoqueiros insistiam em passar pela pista de concreto, ao longo do canteiro central. Com isso, vários pontos de retenção surgiram ontem na rodovia distrital. Apesar da dúvida acerca dos ônibus que deixaram ontem de parar na EPTG, quem depende do transporte público se beneficiou e relatou a redução de cerca de 10 minutos nas viagens.

EPTG: apesar dos atropelos, DFTrans avalia como positiva a implantação do corredor de 11,5km para ônibus (foto: Edilson Rodrigues/CB/D.A Press)
EPTG: apesar dos atropelos, DFTrans avalia como positiva a implantação do corredor de 11,5km para ônibus (foto: Edilson Rodrigues/CB/D.A Press)


Por enquanto, não há previsão de multas para os motoqueiros e condutores de veículos comuns que forem pegos transitando pelo espaço restrito aos coletivos. Equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), do Departamento de Trânsito (Detran) e da Patamo, companhia ligada à Polícia Militar (PMDF) monitoraram os 11,5km de extensão da rodovia que liga Taguatinga ao centro da capital federal. Os motoristas, porém, não passaram pela faixa exclusiva somente nos pontos em que estavam os fiscais.

No restante da avenida, era possível ver filas de carros de passeio na faixa de concreto destinada aos ônibus. A retenção foi observada em lugares como a chegada ao viaduto sobre a Epia, na altura do Guará, no Viaduto Israel Pinheiro e próximo à Residência Oficial de Águas Claras.


A matéria completa você lê na edição de hoje do Correio Braziliense

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade