Publicidade

Estado de Minas

Modelo de faixa de pedestre inspirado nas de Londres está em fase de teste

Após 15 anos da implementação da preferência ao pedestre na hora da travessia, Detran monitora o desempenho de cinco equipamentos inspirados no modelo londrino, que tem outro tipo de pintura. Objetivo é aumentar a segurança


postado em 02/04/2012 08:00 / atualizado em 02/04/2012 08:23

Em frente ao Hemocentro, na Asa Norte, uma das faixas em teste: se ficar comprovada a redução de acidentes, o modelo pode ser adotado em todo o país.(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press )
Em frente ao Hemocentro, na Asa Norte, uma das faixas em teste: se ficar comprovada a redução de acidentes, o modelo pode ser adotado em todo o país. (foto: Carlos Moura/CB/D.A Press )

No ano em que os brasilienses comemoram 15 anos de respeito à faixa de pedestre, um novo modelo é testado e pode virar referência para o país inteiro. O desenho é inspirado no equipamento utilizado em Londres. A pintura com cores e tamanho diferenciado chama mais atenção do motorista e, com isso, se espera que proporcione mais segurança à travessia de quem anda a pé. Até o momento, existem cinco equipamentos, e um novo deve ser pintado nos próximos dias em frente ao Sesi do Gama.

Com cores e desenho diferenciados, a primeira delas foi pintada em dezembro de 2010. A fase de testes já dura um ano. Se ficar comprovado que elas reduziram os acidentes, o projeto desenvolvido por técnicos do Departamento de Trânsito (Detran), da Polícia Militar, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e por peritos de trânsito da Polícia Civil será levado ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e poderá ser adotado em todo o Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade