Publicidade

Estado de Minas

Calouros e veteranos do curso de veterinária da UnB se unem no trote do bem


postado em 02/04/2012 06:38

Nada de álcool, humilhação ou violência. Calouros do curso de medicina veterinária da Universidade de Brasília (UnB) participaram de um saudável trote na manhã de ontem. As veteranas do segundo semestre Kássia Vieira, 18 anos, Gabrielle Amorim, 21, e Jéssica Maresch, 19, propuseram o ritual diferente para receber os 30 novos colegas. Alugaram um ônibus e seguiram para o abrigo Flora e Fauna, a 50km do Plano Piloto. Com construções simples, algumas até em tijolo cru, lá moram 400 animais, entre gatos e cachorros, abandonados ou maltratados. A missão dos novatos foi dar banho, remédios, vacinas e, principalmente, carinho aos bichos.

Esta foi a primeira vez que os alunos da veterinária fizeram um trote solidário. Além de ajudar os animais, o objetivo é melhorar a reputação da UnB, que tem chamado atenção por causa dos chamados trotes sujos — aqueles que ferem a integridade física e moral dos participantes. “As pessoas não podem ter essa visão ruim da UnB. Nós, pelo menos, queremos ter uma relação legal com nossos calouros. É uma oportunidade de interagir e ficarmos unidos”, comentou Kássia Vieira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade