Publicidade

Estado de Minas

Distrito Federal terá banco de DNA de pedófilos e estupradores


postado em 04/05/2012 19:20 / atualizado em 04/05/2012 20:45

Foi sancionada pelo governador Agnelo Queiroz a lei cria um banco de DNA de criminosos sexuais do Distrito Federal. Publicada nesta sexta-feira (4/5) no Diário Oficial da União, a lei é de autoria do deputado distrital Dr. Michel (PSL) e pretende criar um banco com o material genético dos condenados de praticarem crimes contra a liberdade sexual.

O gerenciamento das informações será realizado pela Polícia Civil. A intenção é de que o material catalogado auxilie na identificação dos pedófilos e estupradores, que são comumente soltos por falta de provas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade