Publicidade

Estado de Minas

Quase 100 pássaros silvestres são apreendidos em Ceilândia


postado em 31/05/2012 20:33 / atualizado em 31/05/2012 20:47

As aves da fauna silvestre brasileira estavam em uma casa em Ceilândia. Além dos pássaros, a polícia encontrou 47 gaiolas vazias e sete alçapões, espécie de armadilha usada na captura dos animais.

As gaiolas foram encontradas em condições precárias, com sujeira e mau cheiro. O dono da casa declarou que é criador de pássaros desde pequeno. Ele afirmou ainda que teria conseguido os animais na Feira do Rolo. A polícia suspeita de que ele esteja envolvido no comércio ilegal de pássaros silvestres.

O homem vai responder pelo crimes de manter espécie silvestre em cativeiro e por maus tratos a animais. Ele prestou depoimento e responderá em liberdade.

As apreensões desta quinta-feira (31/5) fazem parte da operação Vôo Livre, realizada pela Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente, que começou nesta segunda-feira (28/5) com a apreensão de outros 17 pássaros silvestres em Samambaia.

A operação é resultado de denúncias anônimas destinadas à Polícia Civil pelo serviço 197 e por investigações realizadas pela polícia.

As aves apreendidas foram levadas à delegacia para que identificação das espécies. Os pássaros serão encaminhados à Floresta Nacional de Brasília.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade