Publicidade

Estado de Minas

Comitê da Unesco aprova relatório com críticas à conservação de Brasília


postado em 27/06/2012 14:56 / atualizado em 27/06/2012 15:02

O Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, reunido em São Petesburgo, na Rússia, aprovou nesta quarta-feira (27/6) o relatório com críticas ao estado de conservação de Brasília. O documento foi elaborado pelo Conselho de Monumentos e Sítios (Icomos), entidade associada à Unesco. Em março deste ano, dois consultores visitaram a capital federal e identificaram uma série de agressões ao projeto do Plano Piloto de Lucio Costa.

No início deste mês, a Unesco divulgou o relatório, em que os especialistas da entidade criticam problemas como os puxadinhos no comércio da Asa Sul, as ocupações residenciais na beira do Lago Paranoá e a falta de planejamento das obras da Copa. Os integrantes do Comitê do Patrimônio Mundial aprovaram o documento quase na íntegra: foi retirado apenas o parágrafo que recomendava que o GDF revisse o processo de elaboração do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCCUB). Na avaliação do comitê, essa medida poderia representar uma intromissão na política interna brasileira.

Com a aprovação do relatório, o governo brasileiro terá que enviar à Unesco uma prestação de contas até 1° de fevereiro do ano que vem. O GDF e o governo federal deverão mostrar à entidade o que foi feito para solucionar os problemas indicados pelos consultores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade