Publicidade

Estado de Minas

Metrô deve chegar à Asa Norte até 2015 , com ampliação de 7,5km


postado em 13/07/2012 09:24 / atualizado em 13/07/2012 10:15

Metrô: cerca de 30 mil pessoas serão beneficiadas com a ampliação da rede(foto: Janine Moraes/CB/D.A. Press - 21/3/2012)
Metrô: cerca de 30 mil pessoas serão beneficiadas com a ampliação da rede (foto: Janine Moraes/CB/D.A. Press - 21/3/2012)

Uma reclamação antiga de moradores de Ceilândia, Samambaia e dos trabalhadores de Brasília deve ser solucionada até o fim de 2015, com a construção de mais cinco estações de metrô — duas em cada cidade e a primeira da Asa Norte. Nesta semana, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) homologou o resultado da licitação que contratou a empresa responsável por elaborar os projetos básicos e executivos das futuras paradas. Esta primeira fase custará ao Metrô-DF R$ 17 milhões. A expectativa é de que as estações estejam prontas em três anos. O custo global da obra está calculado em R$ 217 milhões.

O processo de elaboração dos projetos de engenharia e arquitetura das estações pode durar até 18 meses, mas a ideia é ter os desenhos das plantas prontos até o início do ano que vem. Em seguida, será aberto certame para contratar a construtora. A expansão atenderá às populações do Setor O, em Ceilândia, onde serão construídas as estações 28 e 29. Em Samambaia, as duas novas paradas, a 34 e 35, beneficiará as áreas mais isoladas da cidade. Por fim, o Plano Piloto também ganhará um ponto na Galeria do Trabalhador, no Setor Comercial Norte. No total, a malha metroviária do DF terá uma expansão de 7,5km.

Leia mais notícias em Cidades


Entenda no infográfico abaixo o que vai mudar.

(foto: Editoria de Arte/CB/D.A Press)
(foto: Editoria de Arte/CB/D.A Press)


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade