Publicidade

Estado de Minas

Homem com problemas psiquiátricos ameaça sobrinha e é preso em Taguatinga


postado em 20/08/2012 12:59 / atualizado em 21/08/2012 13:50

Um homem de 47 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (20/8), na QNL 23 de Taguatinga, após a sobrinha dele, de 27 anos, ter chamado a polícia por se sentir ameaçada.

Em depoimento na 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte), a mulher afirmou que o tio estava riscando o assoalho da casa com um canivete. Segundo ela, na semana passada ele deixou o gás aberto e acendeu uma vela, com a intenção de "explodir" a casa.

O homem é paciente psiquiátrico e, de acordo com o delegado-chefe da 17ª DP, Raimundo Vanderly, ele não toma os medicamentos necessários para o tratamento desde janeiro.

Segundo Vanderly, o homem é aposentado e não tem antecedentes criminais. O delegado acredita que a violência tenha sido desencadeada pela falta de medicamentos. Vanderly não soube informar porque ele parou de tomar os remédios.

Leia mais notícias em Cidades - DF

O aposentado irá responder pelos crimes de ameaça e pela Lei Maria da Penha, podendo pegar seis meses de prisão.

Informações preliminares da Polícia Militar, afirmaram que o homem tinha tentado matar a sobrinha a facadas e depois teria tentado se matar. Novas informações da 17ª DP desmentiram o fato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade