Publicidade

Estado de Minas

GDF vai contratar 6,5 mil professores temporários na rede pública


postado em 13/09/2012 08:32

Atualmente, 5 mil professores substitutos de diversas disciplinas trabalham na rede pública: planejamento pretende sanar o deficit de profissionais (foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
Atualmente, 5 mil professores substitutos de diversas disciplinas trabalham na rede pública: planejamento pretende sanar o deficit de profissionais (foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)


O Governo do Distrito Federal (GDF) vai contratar até 6,5 mil professores em caráter temporário para trabalhar na rede pública local a partir do início do ano letivo de 2013. Eles serão direcionados, principalmente, para a cobertura de vagas de licenças (médicas e de cessão de educadores a outros órgãos). A autorização, assinada pelo Conselho de Política de Recursos Humanos (CPRH) e pelo governador Agnelo Queiroz, foi publicada no Diário Oficial do DF (DODF) de ontem. O concurso deve ser aberto no próximo mês.

No início de 2011 e também em 2012, problemas de falta de professores foram detectados em algumas unidades da rede. “Estamos antecipando a contratação agora para que não venhamos a ter problemas no início de 2013. Nossa intenção é começar o ano com os temporários dispostos a assumir as salas de aula. Eles serão chamados para recompor o quadro”, explicou o titular da Secretaria de Educação do DF, Denílson Bento. De acordo com ele, os profissionais serão aproveitados em diversas disciplinas. Hoje, entre as áreas mais carentes estão geografia e história (Leia Contratações).

Leia mais notícias de Cidades

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade