Publicidade

Estado de Minas

Vicente Pires reivindica administração de Taguaparque


postado em 08/10/2012 19:59 / atualizado em 09/10/2012 15:23

O administrador de Vicente Pires, Ebenézer Aquino, explicou que a cidade, com o parque anexado, alcança o valor de 12% de área verde, índice imposto pela legislação. Taguatinga, que dá nome ao espaço, é hoje quem coordena as atividades do local. "Não há disputa com Taguatinga. Tenho conversado com o Jales [administrador de Taguatinga] e vamos respeitar a decisão que a Câmara Legislativa tomar", explicou ele.

Ebenézer afirma que a decisão de deixar o parque aos cuidados de Vicente Pires seria benéfico inclusive para Taguatinga, pois a primeira teria verba para investir no espaço. O texto com a proposta segue para a Câmara Legislativa do Distrito Federal baseado na Lei do Uso e Ocupação do Solo (Luos). Ainda não há prazo para os próximos passos do processo.

Leia mais notícias em Cidades - DF


Segundo o administrador de Taguatinga, Carlos Alberto Jales, o conflito parte das lideranças da comunidade, que não aceitam perder o Taguaparque, assim como outras áreas, à exemplo do Areal, para outras regiões administrativas. "Os deputados vão tentar encontrar a melhor saída", disse ele.

Assista a reportagem da TV Brasília

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade