Publicidade

Estado de Minas

Colégios de Brasília em melhor posição no ranking são caros, mas compensam

Escolas oferecem professores qualificados, laboratórios equipados e intensa atividade extracurricular. Alguns primam por classes pequenas para acompanhar o aluno mais de perto


postado em 24/11/2012 08:01

Um ensino personalizado, com professores valorizados, além de exercícios para fixar a matéria, fazem parte da receita das escolas de Brasília que alcançaram as melhores notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os 10 primeiros colocados no ranking da capital federal investem em infraestrutura, laboratórios equipados e na união da teoria com a prática. A atenção especial para a necessidade dos alunos é um dos diferenciais existentes em quase todos esses estabelecimentos de ensino. Os plantões de dúvidas, as atividades extracurriculares e as aulas de reforço são unanimidade. Há uma equipe separada só para tirar dúvidas e nivelar aqueles com alguma deficiência de ensino.


Líder do ranking há três anos, o Colégio Olimpo cobra uma mensalidade de R$ 1.897 e atribui o bom resultado ao investimento no corpo docente, à seleção de bons alunos e a uma boa direção. No local, aulas aos sábados fazem parte do currículo. No terceiro ano, o aprendizado nesse dia é pela manhã; e a tarde fica dedicada às provas e aos simulados. Também há estudo no turno contrário, uma vez por semana. “Contextualizar o conteúdo com os acontecimentos do dia a dia é uma das táticas para o aprendizado. Aliar isso à disciplina e a um cronograma rígido é uma das táticas”, conta o diretor pedagógico da instituição, Vinícius Miranda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade