Publicidade

Estado de Minas

Ibram notifica 33 casas em Taguatinga sobre despejo de esgotos em córregos

O Instituto comunicou que os moradores têm 30 dias para construir uma fossa de acordo com os padrões da Caesb


postado em 15/05/2013 20:18 / atualizado em 15/05/2013 20:16

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) realizou uma fiscalização, na manhã de terça-feira (14/5), em casas da QSC 21,22 e 23 de Taguatinga. Após uma denúncia da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) o Ibram encaminhou oito fiscais para que a população seja notificada sobre o despejo de esgotos em dois córregos próximo ao local.

Os fiscais entregaram aos moradores uma cartilha ensinando o passo a passo da contrução da fossa séptica, nos padrões orientados pela Caesb. Segundo o Instituto, os moradorem terão 30 dias para construir a fossa e o prazo pode ser prorrogado se o morador socilitar. Porém, a justificativa será encaminhada para uma avalização do orgão.

Leia mais notícias em Cidades


De acordo com o auditor fiscal que coordenou a ação, Denio Souza Costa, a iniciativa busca, além de interromper a prática que pode comprometer os mananciais orientar e educar ambientalmente os moradores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade