Publicidade

Estado de Minas

Agentes penitenciários protestam por porte de arma fora do trabalho

O movimento quer a derrubada do veto presidencial a projeto de lei que previa esse direito


postado em 02/07/2013 17:29 / atualizado em 02/07/2013 18:51

Um acampamento seria realizado no gramado em frente ao legislativo federal, mas, diante da baixa adesão dos manifestantes à ideia, isso não deve ocorrer(foto: Arthur Paganini/CB)
Um acampamento seria realizado no gramado em frente ao legislativo federal, mas, diante da baixa adesão dos manifestantes à ideia, isso não deve ocorrer (foto: Arthur Paganini/CB)

Cerca de cem agentes de atividades penitenciárias do Distrito Federal ocupam, neste momento, duas faixas do Eixo Monumental (via S1).

O movimento quer a derrubada do veto presidencial a projeto de lei que previa o direito desses agentes de portar armas de fogo fora do expediente do trabalho.

Leia mais notícias em Cidades

No DF, lei distrital aprovada este ano pela Câmara Legislativa previa essa prerrogativa, mas foi julgada inconstitucional depois de ser questionada pelo Ministério Público.

Os manifestantes marcham em direção ao Congresso Nacional. Um acampamento seria realizado no gramado em frente ao legislativo federal, mas, diante da baixa adesão dos manifestantes à ideia, isso não deve ocorrer.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade