Publicidade

Estado de Minas

Membro da Rede flagrado em manifestação no Itamaraty pede afastamento


postado em 02/08/2013 22:06 / atualizado em 02/08/2013 22:08

Pedro Piccolo Contesini, 27 anos, suspeito de participar da depredação do Palácio Itamaraty pediu na tarde desta sexta-feira (2/8) afastamento da Executiva Nacional Provisória da Rede Sustentabilidade. O sociólogo é aliado de Marina Silva.

O partido divulgou nota informando que Piccolo ficará afastado “até que os fatos sejam apurados”. Por meio do perfil pessoal no Facebook, Contesini confessou ter participado da manifestação com a camiseta — que colocou no rosto para se proteger do gás lacrimogênio — e pressionado a barra contra uma estrutura de ferro do Palácio.

"Em decorrência da investigação iniciada pela Polícia Federal sobre sua suposta participação nos atos de depredação do Itamaraty, Pedro Piccolo Contesini, membro da Executiva Nacional Provisória da Rede Sustentabilidade, pediu nesta tarde o afastamento do cargo até que os fatos sejam apurados. A Executiva Nacional Provisória acata e respeita a decisão de Piccolo", diz a nota da Rede.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade