Publicidade

Estado de Minas

"Pode denunciar", diz PM em vídeo, após jogar spray em manifestantes

Policial diz que jogou spray de pimenta em grupo que não havia ultrapassado limite "porque quis"


postado em 08/09/2013 13:09 / atualizado em 08/09/2013 14:06

O uso indevido e arbitrário de spray de pimenta por um capitão do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi flagrado ontem, durante as manifestações do Dia da Independência, próximo à Rodoviária de Brasília. No vídeo que viraliza nas mídias sociais, é possível identificar um cinegrafista e um outro homem sendo atingidos pelo jato, disparado por um capitão identifcado como Bruno, do BPChoque.



Questionado pelo cinegrafista sobre a ação, o capitão confirmou que agiu arbitrariamente e ainda debochou da situação. "Sim, [usei o spray] porque eu quis, pode ir lá [na Corregedoria da PMDF] denunciar", afirmou.

O comandante-geral da PMDF, Jooziel Freire, não teve acesso às imagens até a manhã deste domingo, mas afirmou que "qualquer ação despropositada e desproporcional será encaminhada à Corregedoria" da corporação. Ele, disse ainda que "o policial está sujeito a stress, como qualquer pessoa, mas, se houve arbitrariedade, será investigada".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade