Publicidade

Estado de Minas

Jovens usam "rolezinhos" para protestar nos grandes shoppings do DF


postado em 25/01/2014 14:21 / atualizado em 25/01/2014 20:48

Lado de fora do Iguatemi Shopping(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Lado de fora do Iguatemi Shopping (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)


Cerca de 20 jovens estiveram na entrada do Shopping Iguatemi, no Lago Norte, para o "rolezinho", durante quase duas horas neste sábado (25/1). Eles ocuparam a parte externa do estabelecimento e colocam músicas no estilo funk. O local está totalmente fechado desde o início da manhã.

Quatro membros da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Distrito Federal (OAB/DF) foram orientados a irem ao Iguatemi acompanhar o movimento. "Se houver algum excesso dos manifestantes, vamos resguardar os direitos deles, caso sejam levados a delegacia. Queremos evitar o possível excesso das autoridades", disse Fermando de Oliveira, advogado e um dos participantes da comissão. 

"Estamos aqui para falar que a cidade também é nossa e podemos dar rolé onde a gente quiser, ouvindo as músicas que a gente quiser. E não adianta vir com polícia ou fechar shopping. Nossa geração vai para a rua, vai a luta. Vamos continuar, temos força e somos capazes de deixar 'eles' com medo", explicou Luthi Laporta, 21 anos, estudante que esteve no Iguatemi. Palavras de ordem como "chega de apartheid! É rolezinho por toda a cidade" foram puxadas pelo grupo. 

Protesto do grupo Black Blocs contra a Copa do Mundo(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Protesto do grupo Black Blocs contra a Copa do Mundo (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

 

Depois de passarem pelo Iguatemi, eles prometeram seguir ao Brasília e Park Shopping. Às 17h, pessoas do Movimento conta a Copa chegaram ao Brasília Shopping, na Asa Norte. Alguns usavam máscaras do Lula e da presidente Dilma, outros seguravam cartazes contra o evento esportivo. Eles não entraram no local, mas fizeram uma passeata pela W3 Norte. Logo depois os rolezeiros do Iguatemi chegaram ao Brasília. Os dois grupos se juntaram e somaram mais de 80 pessoas.

Jovens entram no Taguatinga Shopping e recebem orientações dos seguranças(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Jovens entram no Taguatinga Shopping e recebem orientações dos seguranças (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)


No Taguatinga Shopping estiveram presentes cerca de 300 jovens do movimento Swag. Boa parte dos adolescentes que estavam do lado de fora entraram no shopping às 15h30 e foram orientados pela segurança de que não poderiam entrar em grandes grupos, para não causar tumulto. Alguns usando pijama, pantufa e carregando ursinho nas mãos. O look dos garotos era basicamente um boné e cabelo similar ao do cantor Justin Bieber. A assessoria de imprensa informou que após a orientação, eles tiveram livre trânsito em grupos pequenos.

No Gama Shopping, no Setor Central da cidade, o número de jovens, chegou a quase 400 pessoas. Policiais foram chamados até o local para fazer reforço na segurança. O local teve que ser fechado porque houve confusão.

A segurança no Shopping Pátio Brasil, na Asa Sul, foi reforçada.

Policias militares se posicionam em frente ao Brasília shopping(foto: Iano Andrade/CB/D.A Press)
Policias militares se posicionam em frente ao Brasília shopping (foto: Iano Andrade/CB/D.A Press)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade