Publicidade

Estado de Minas

Professor espancado em shopping continua internado sem previsão de alta

Ele sofreu traumatismo cranioencefálico e hematoma intracraniano


postado em 26/02/2014 13:08 / atualizado em 26/02/2014 15:02

Lucas Silva movimenta os quatro membros e apresenta diminuição da força muscular à esquerda(foto: Saulo Araújo/CB/D.A Press)
Lucas Silva movimenta os quatro membros e apresenta diminuição da força muscular à esquerda (foto: Saulo Araújo/CB/D.A Press)


O professor de Educação Física, Lucas Silva Lopes Xavier, 27, que foi espancado dentro do Shopping Pier 21, no Setor de Clubes Sul, por repreender dois homens que urinavam em local impróprio, mantém os sinais vitais estáveis, de acordo com o boletim médico do Hospital Santa Helena. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o último domingo (24/2).

Leia mais notícias em Cidades

Lucas apresenta quadro de traumatismo cranioencefálico e hematoma intracraniano, em tratamento clínico e ainda sob vigilância neurológica. Ele movimenta os quatro membros, apresenta diminuição da força muscular à esquerda e permanece sem previsão de alta.

Os dois jovens que agrediram o professor confessaram o crime, em depoimento à Polícia Civil. Os suspeitos são primos e no dia do crime, passaram a maior parte do tempo bebendo, na casa de familiares.

Assista à reportagem da TV Brasília


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade