Publicidade

Estado de Minas

Conheça os três primeiros colocados no concurso cultural promovido pelo CB

A disputa entre o primeiro e o segundo colocados foi acirrada, mas a campeã, com 7.461 votos, foi a fotografia tirada pela estudante Andressa Abrahão, 29 anos


postado em 12/03/2014 07:42 / atualizado em 12/03/2014 08:53

Andressa voltou na noite de ontem à Torre Digital, que serviu de inspiração para o clique do amanhecer da capital(foto: Bruno Peres/CB/D.A Press)
Andressa voltou na noite de ontem à Torre Digital, que serviu de inspiração para o clique do amanhecer da capital (foto: Bruno Peres/CB/D.A Press)

Admirado por muitos, o amanhecer é um dos momentos mais belos do dia. Em Brasília, é quase impossível encontrar alguém que não se encante com a cidade sendo, aos poucos, iluminada pela natureza. Foi pensando em valorizar ainda mais a rica beleza a cada manhã que o Correio lançou o concurso O amanhecer na capital e divulga, hoje, o nome dos três vencedores.

Das fotografias encaminhadas, uma comissão de cinco profissionais escolheu 25 para o processo de votação popular. Entre 20 de fevereiro e 7 de março, foram contabilizados 31.879 votos. Ao longo de todo o período, mais de 18 mil visitantes acessaram a página do concurso cultural. A maioria das fotos tiradas tinha como destaque monumentos da Esplanada dos Ministérios, como o Congresso Nacional e o Museu Nacional. Cerca de 60% foram tiradas de pontos turísticos do centro da capital; 30% contemplaram o Lago Paranoá; e 10% foram tiradas de lugares comuns, como sacadas de prédios e rodovias.

Acesse o hotsite O amanhecer na capital

A disputa entre o primeiro e o segundo colocados foi acirrada, mas a campeã, com 7.461 votos, foi a fotografia tirada pela estudante Andressa Abrahão, 29 anos, moradora no Setor Militar Urbano. Incentivada por um amigo a participar do concurso cultural, ela conta que nunca fez curso na área. “Tiro fotos apenas como hobby. Fiquei motivada e achei que valia a pena tentar a sorte. Fico muito surpresa porque olhei a concorrência e havia excelentes fotos. Achava que a minha estava boa, mas as outras também”, diz. Natural do Rio de Janeiro, ela mora em Brasília há dois anos e cursa o oitavo semestre de direito. “Sonho um dia ser uma juíza do trabalho”, admite.

Para Andressa, o diferencial foi ter tirado foto da Torre de TV Digital de Brasília, que fica na região de Sobradinho. “Costumo sempre observá-la da minha casa e pensei em lugares onde achava que ninguém fosse muito. Fiz fotos do Congresso, próximo ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), da Praça dos Três Poderes, mas gosto de exclusividade”, conta ela, que levou a sério o concurso. “Por cinco dias, acordei antes das 5h, para me arrumar e ir à rua fazer os registros. Tirei mais de mil fotos. Foi difícil selecionar apenas uma, mas fico contente de ter feito uma boa escolha”, comemora. Além da foto dela, apenas outros três participantes escolheram a região como modelo.

A caminho da escola
A imagem vice-campeã teve 7.076 votos. A autora conta como clicou o amanhecer. “Era início de fevereiro. Estava a caminho da escola. Como fazia uma manhã muito bonita, parei para tirar algumas fotos e, entre elas, fiz do Templo da Legião da Boa Vontade”, diz a estudante Nicole Angel Oliveira Borges, 16 anos, que está no segundo ano do ensino médio e mora na Asa Sul. “Não tirei muitas fotos, então foi fácil me decidir. Sabia que minha foto estava entre as selecionadas. Mas encarei o concurso com tranquilidade. Se não ganhasse nada, ia ficar tudo bem. Felizmente, fiquei em uma boa posição”, destaca. Apesar de ainda não ter se decidido sobre o futuro, ela avalia a conquista como uma opção para um curso superior. “Gosto da área de televisão e produção. Também de fotografar, então pode ser uma ideia.”

O Lago Paranoá foi o cenário escolhido pelo terceiro colocado, que teve 4.294 votos. A foto é de autoria do aposentado Ricardo Camargo, 63 anos, morador do Jardim Botânico. “Brasília é uma cidade muito bonita e gostaria que aqui tivesse uma extensão de terra banhada pelo oceano. Minha ideia foi mostrar que a capital também tem um mar, ou o mais próximo disso”, explica ele.

Ele conta que tem o hábito de tirar fotos desde 2005. Todos os dias, Ricardo acorda cedo e não desgruda da câmera. “Bato fotos quase que diariamente”, diz. Para a produção da imagem encaminhada ao concurso cultural, ele escolheu o cais de um clube no Setor de Clubes Norte. A maior frustração nos preparativos para o concurso foi a variação do próprio clima. “O tempo estava favorável até o início de fevereiro, mas depois começou a piorar e ficar mais fechado. Queria ter feito outras imagens”, conta.

Mais do que o reconhecimento popular pelas fotos tiradas, os três vencedores serão premiados. Andressa receberá um iPhone 5S 16GB, enquanto Nicole ganhará um iPad Air 16GB. Muito contentes, as duas não escondem a expectativa de tirar fotos com o smartphone e o tablet. Ricardo será gratificado com um iPhone 4S 8GB, que dará à mulher como presente pela conquista.

(foto: Andressa Abrahão/Divulgação)
(foto: Andressa Abrahão/Divulgação)

1ª colocada

Andressa Abrahão
Prêmio: um iPhone 5S 16GB, no valor de R$ 2.799

(foto: Nicole Angel)
(foto: Nicole Angel)

2ª colocada

Nicole Angel
Prêmio: um iPad Air 16GB, de R$ 1.749

(foto: Ricardo Camargo)
(foto: Ricardo Camargo)

3º colocado

Ricardo Camargo
Prêmio: um iPhone 4S 8GB, que custa R$ 1.399

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade