Publicidade

Estado de Minas

Acompanhe como foi o julgamento do ex-deputado distrital Carlos Xavier


postado em 07/04/2014 11:18 / atualizado em 08/04/2014 02:00

Edson Xavier (gravata vermelha), irmão do ex-deputado distrital Carlos Xavier acompanha o julgamento(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Edson Xavier (gravata vermelha), irmão do ex-deputado distrital Carlos Xavier acompanha o julgamento (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)

Após 10 anos, o julgamento do ex-deputado distrital Carlos Xavier, acusado de ser o mandante do assassinato do jovem Ewerton da Rocha Ferreira, de 16 anos, ocorre nesta segunda-feira (7/4), no fórum de Samambaia. Carlos, que responde o processo em liberdade, foi o primeiro parlamentar da história a ser cassado na Câmara Legislativa, em 2004. O Ministério Público do DF acusa o ex-distrital de ter encomendado a morte de Ewerton, que seria amante da mulher dele; o corpo da vítima foi encontrado atrás de uma parada de ônibus do Recanto das Emas. Para praticar o crime, Carlos Xavier teria contratado o capoeirista Eduardo Gomes da Silva, conhecido como Risadinha, que em 2007 já foi condenado a 19 anos e três meses de prisão pelo homicídio, e Leandro Dias Duarte, também condenado a 15 anos de detenção. A dupla teria contado com a ajuda de um adolescente, que cumpriu medida socioeducativa. Acompanhe o julgamento em tempo real: Leia mais notícias em Cidades    

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade