Publicidade

Estado de Minas

DF-005: TJDFT decreta prisão preventiva de motorista embriagado

Acidente na DF-005 deixou dois mortos e outras seis pessoas feridas


postado em 22/04/2014 13:10 / atualizado em 22/04/2014 14:13

O acidente deixou dois mortos e seis pessoas feridas(foto: Carolina Samorano/CB/D.A Press)
O acidente deixou dois mortos e seis pessoas feridas (foto: Carolina Samorano/CB/D.A Press)


O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) negou o pedido de liberdade provisória e converteu a prisão em flagrante do motorista, que atropelou oito pessoas na DF-005, em prisão preventiva na noite dessa segunda-feira (21/4). O acidente ocorreu na DF-005, no último domingo (20/4), entre o Lago Paranoá e o Lago Norte, por volta das 21h.

O técnico em informática Marcelo Luiz de Barros, 41 anos, dirigia um veículo Azera quando fez um ultrapassagem proibida e atingiu um Vectra que estava parado no acostamento com 15 pessoas ao redor. Duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas.

Leia mais notícias em Cidades


Após o acidente, o motorista permaneceu no local. A Polícia Militar, no entanto, teve que protegê-lo. O técnico em informática foi ameaçado por moradores. As vítimas moram no Itapoã e tinham ido visitar os amigos no trecho 3 do Condomínio Del Lago.

O condutor não aceitou fazer o teste do bafômetro, contudo, exames realizados no Instituto Médico Legal (IML) comprovaram a embriaguez. De acordo com os investigadores, Marcelo não tem passagens pela polícia e aguarda decisão judicial na carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE).

As vítimas fatais Ivone de Sousa Reis, 32 anos, e Cássia dos Santos Moreira, 13 anos, foram esmagadas pelo Azera quando sinalizava para os outros veículos avisando que o carro em que estavam havia quebrado. Outras seis pessoas, que pertenciam ao mesmo grupo, estavam na frente do veículo aguardando ajuda. Os corpos de Ivone e de Cássia devem ser enterrados em Tocantins.

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade