Publicidade

Estado de Minas

Frenética mania das figurinhas da Copa reúne grupos de pessoas em todo o DF

Falta menos de um mês para a Copa do Mundo e os adeptos de colecionar cromos do torneio para completar o álbum estão febris. Reuniões são realizadas todos os dias para a permuta das estampas repetidas em Brasília


postado em 14/05/2014 06:07


A banca da 106 Norte já chegou a vender 15 mil figurinhas em uma só dia de comercialização(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
A banca da 106 Norte já chegou a vender 15 mil figurinhas em uma só dia de comercialização (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)


O aposentado Artur Ortiz, 77 anos, é tão assíduo na troca de figurinhas do álbum da Copa do Mundo que ganhou até uma cadeira plástica para negociar com mais conforto em frente à banca da 106 Norte. “Dia sim, outro também, sempre estou aqui. Eu já completei dois álbuns e tenho mais três para fechar”, afirma. A febre do álbum da Copa do Mundo — que arrebanhou apaixonados por futebol de todas as idades — só aumenta. A febre do livro de cromos do Mundial não atingiu só Ortiz. No Distrito Federal, o fenômeno se espalhou pelos quatro cantos. No Plano Piloto, em Taguatinga, Águas Claras ou Guará, todas as cidades têm um ponto de encontro. Um dos que mais atrai gente é a banca da 106 Norte. Dependendo do dia, até mil pessoas se reúnem no local.

Leia mais notícias de Cidades

Com tantos colecionadores, cresceu também o número de pontos de troca de figurinhas. Em qualquer horário ou local, lá estão os fãs para negociar cromos repetidos. Seja no fim de semana, em dias normais, nas bancas de jornal ou em algum shopping, não há o que impeça um aficcionado de procurar as figurinhas faltantes.

Artur Ortiz explica que fez o próprio álbum, mas agora ajuda a completar o dos netos e dos sobrinhos. “É um passatempo muito divertido. Todo mundo se junta, negocia, brinca um com o outro”, descreve. Ele já perdeu as contas de quanto gastou na brincadeira, mas não se arrepende dos reais a menos na carteira. “Eu coleciono desde criança. O primeiro que fiz foi em 1946. A época era muito diferente do que é hoje, mas o espírito continua igual”, exalta.

Onde trocar

» No térreo do Terraço Shopping

» 2º piso do Pátio Brasil Shopping

» Entre o Taguatinga Shopping e o Extra

» Banca da 307 Sul

» Banca da 106 Norte

» Banca da 314 Norte

» Banca da 316 Norte

» Banca da QI 10 do Guará 1

» Banca da QI 12 do Guará 1

» Banca da QE 15 do Guará 2

» Banca da QE 28 do Guará 2

» Banca do Centro Comercial Ônix, em Águas Claras

» Avenida Castanheiras, Quadra 103, Bloco A, na Revistaria e Papelaria Magazine, em Águas Claras

» Tyrol (loja de vestuário infantil), no piso superior do Iguatemi Shopping

» Banca da CLSW 304, no Sudoeste

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade