Publicidade

Estado de Minas

Vídeo: homem é espancado e desmaia durante show em área externa do Mané

A briga aconteceu no último sábado (16/8) e um show da dupla Henrique e Juliano e da banda Luxúria


postado em 18/08/2014 21:32 / atualizado em 19/08/2014 10:50

Um vídeo amador que está circulando nas redes sociais mostra um homem ensanguentado e desmaiado no chão após uma briga durante o show da dupla Henrique e Juliano e da banda Luxúria, no anel externo do Mané Garrincha, na noite de sábado (16/8). Nas imagens é possível ver algumas pessoas tentando ajudar o rapaz.

O homem que aparece machucado no vídeo é Eduardo Sales dos Santos, de 32 anos. Ele conta que foi para a apresentação da dupla sertaneja acompanhado da namorada, da sobrinha e do namorado dela, Elson Gonzaga, de 24 anos. Os casais estavam na área vip quando um grupo de cinco homens se aproximou para tentar roubar uma corrente de prata de Elson. Ele reagiu e os homens começaram a dar garrafadas no jovem.

Na tentativa de separar a briga, Eduardo também foi agredido com garrafadas. Depois de perder muito sangue, ele desmaiou e foi levado inconsciente para o Hospital de Base. Eduardo levou pontos internos e externos na boca e no maxilar, e só saiu do hospital no domingo.

Elson também sofreu cortes na cabeça e foi encaminhado para o mesmo hospital. Ele foi liberado ainda durante a madrugada. O grupo roubou o colar e fugiu. Segundo Eduardo, o show foi marcado por muitas brigas. "Na hora que aconteceu a confusão, estávamos indo embora, justamente por causa das brigas. Alguns homens usavam até mesas para jogar uns nos outros. Nunca vi nada parecido", afirma.

Para o administrador Thiago Costa, de 23 anos, que também esteve no show, a cena de selvageria impressionou todos que estavam no local. "Não entendi a confusão. Quando vi, ele já estava vomitando sangue e tentando reagir. Logo depois o levaram para o posto médico desmaiado", relatou.

A enfermeira Luciana Rosa, de 23 anos, também foi ao evento acomapanhado do namorado, mas saiu antes da banda Luxúria terminar a apresentação por causa do excesso de brigas. Ela conta que viu várias rodinhas com pessoas se enfrentando. "Apesar de o local estar repleto de seguranças, o show estava lotado e eles não conseguiam controlar tudo", ressalta. Acompanhada ainda de um casal de amigos e de outras duas amigas, todos saíram horrorizados.

O vídeo de 45 segundos foi publicado no Facebook e até a publicação desta matéria tinha quase 2 mil compartilhamentos.

Em nota, a empresa Total Entertainment, organizadora do evento, considerou o caso uma fatalidade e informou que cumpriu todas as exigências solicitadas, obtendo alvará junto à Administração de Brasília, liberação da Vara de Infância, Corpo Bombeiros, Policias Militar e Polícia Civil.

Segundo a organização, o evento reuniu 18 mil pessoas. Para garantir a segurança do local, foram contratados 300 seguranças particulares, quatro ambulâncias, 30 brigadistas, além do efetivo de 100 Policiais Militares e três postos médicos.

Eduardo prestou depoimento na 5ª Delegacia de Polícia, nesta segunda-feira (18). A delegacia ainda investiga o caso. Até o momento ninguém foi preso.

Atenção: Cenas fortes

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade