Publicidade

Estado de Minas

Governador decide manter Cine Drive-In aberto durante reforma do autódromo

Último do Brasil, o cinema não será desativado por causa de obras no local. Abaixo-assinado pede que o Drive-In seja declarado patrimônio cultural material do DF


postado em 25/08/2014 20:30 / atualizado em 26/08/2014 15:23

 

Depois da polêmica em torno do Cine Drive-In, o Governo do Distrito Federal decidiu que o cinema ao ar livre será preservado mesmo com a reforma do Autódromo Internacional Nelson Piquet, que deve começar ainda este ano para receber a Fórmula Indy em 2015. A decisão do governador Agnelo Queiroz considera o local um patrimônio do Distrito Federal. No entanto, mesmo com a determinação do Executivo local, o grupo Urbanistas por Brasília continua a campanha em prol da preservação do cinema. Hoje, os integrantes do movimento conseguiram completar as 5 mil assinaturas que serão levadas à Câmara Legislativa do Distrito Federal.


O Drive-In é o último do Brasil em funcionamento(foto: Viola Júnior/Esp. CB/D.A Press)
O Drive-In é o último do Brasil em funcionamento (foto: Viola Júnior/Esp. CB/D.A Press)

 

O abaixo-assinado vai pedir aos distritais que analisem o Projeto de Lei nº 1.608/2013, que torna o local patrimônio cultural material do Distrito Federal. O professor fundador do curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Católica de Brasília (UCB) e um dos criadores do grupo Urbanistas por Brasília, Frederico Barboza, ainda não tinha conhecimento da decisão do governo. “Essa é uma notícia muito boa, mas, mesmo assim, o abaixo-assinado permanece, porque independente da decisão o projeto de lei tramita. Por mais intencionado que o governador esteja essa pode ser uma necessidade política de outra conveniência. Agora cabe a Câmara Legislativa se pronunciar no sentido de acatar ou não. É uma ação do legislativo dentro do executivo”, esclarece.

O professor ressalta que o movimento ainda está aberto para a coleta de mais assinaturas que vão ser incluídas no abaixo-assinado.

No início da noite de domingo, a Terracap já havia afastado a possibilidade de acabar com o Drive-In. Por meio de nota, a instituição informou que as obras do autódromo, que serão iniciadas em novembro, não interromperão o funcionamento do espaço “durante e depois da reforma”.

 

O abaixo-assinado pode ser acessado pelo link www.change.org/driveinbrasilia.

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade