Publicidade

Estado de Minas

Estilista brasiliense Fernanda Ferrugem está pronta para ir à passarela

Ela faz hoje, em São Paulo, o primeiro desfile fora do Distrito Federal. A oportunidade surgiu após a participação no projeto Retrato Brasília, do CCBB e do Correio. Ontem, Fernanda fez compras na Rua 25 de Março


postado em 05/12/2014 08:00 / atualizado em 04/12/2014 23:20

Fernanda e Raoni em loja da Rua 25 de Março: últimos detalhes antes de apresentarem coleção com seis peças(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Fernanda e Raoni em loja da Rua 25 de Março: últimos detalhes antes de apresentarem coleção com seis peças (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

São Paulo - Meia colorida, meia arrastão, luvas, franjas de peruca e outros adereços compõem a lista de compras da estilista brasiliense Fernanda Ferrugem um dia antes do primeiro desfile da marca em São Paulo. Assim que chegou à capital paulista, ela, o stylist Raoni de Souza e o maquiador Felipe Schuman correram para a Rua 25 de Março a fim de providenciar os últimos detalhes. Hoje, a equipe apresenta a coleção Vaporwave na Junglelife, com seis peças — cinco femininas e uma masculina. Eles são os únicos representantes do Distrito Federal no evento BR.ECOERA, que discute as questões sociais e ambientais da moda. Fernanda foi convidada graças à participação no Retrato Brasília, projeto realizado em parceria pelo Centro Cultural Banco do Brasil e pelo Correio Braziliense.

Ela se divertiu em meio dos produtos da loja na famosa avenida de compras de São Paulo. Chegou com uma lista preestabelecida, mas, aos poucos, foi adicionando itens que, segundo Fernanda, vão dar um toque a mais na produção. “Nosso conceito é esse novo vapor. Vamos trabalhar com cores claras, como rosa, lilás e azul”, descreveu a estilista. Como será a primeira vez deles fora de Brasília, tudo é novidade. “Sem dúvida, viemos trazer esse vapor da nossa cidade e do cerrado que se formou a partir das nossas experiências, das nossas referências e dos locais que frequentamos”, comentou Raoni. “Queremos fugir do senso comum e das imagens características da capital do país”, completou a estilista.

Ansiosa, Fernanda falou sobre a programação de hoje. Sabe que terá muito trabalho antes de mostrar sua coleção. “Amanhã (hoje), vamos chegar bem cedo, umas 7h, para começar a montagem, conhecer as modelos e experimentar as peças”, disse. Um adereço de cabelo pode virar um brinco ou uma pulseira, detalhes que chamam a atenção do público.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade