Publicidade

Estado de Minas

Definidos os nomes dos presidentes da Novacap e do Metrô-DF

O segundo escalão do governo do PSB começa a se desenhar. Os comandantes de duas importantes empresas estatais, donas de robustos orçamentos, já estão confirmados


postado em 17/12/2014 17:06 / atualizado em 17/12/2014 17:12


O segundo escalão do governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) começa a se definir. Após o Correio confirmar o nome de Hermes Ricardo de Paula na presidência da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Marcelo Dourado foi oficializado como presidente do Metrô-DF.

Amigo de adolescência de Rollemberg, Dourado é do time dos antigos aliados do próximo chefe do Executivo local, ao lado do indicado para responder pela pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Salles, e de Paulo de Tarso Castilho, que com certeza ocupará algum cargo no GDF.

Quando Rollemberg foi secretário de Turismo na gestão de Cristóvam Buarque, Dourado era o secretário adjunto e, com a saída do socialista para concorrer a deputado distrital, em 1998, o futuro chefe do Metrô-DF tornou-se o responsável pela pasta. De 2011 a 2013, ele comandou a Superintedência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), vinculada ao governo federal.

A prioridade à frente da estatal, segundo ele, é expandir as linhas e criar as cinco novas estações promeditas durante a campanha. “Vamos colocar Brasília nos trilhos. Nosso objetivo é contruir duas novas estações em Ceilândia, duas em Samambaia e uma no começo da Asa Norte”, antecipa.

Hermes de Paula é outro que participou do mandato de Cristovam, como secretário de Obras. Mais tarde, presidiu a Novacap a pedido de Agnelo Queiroz (PT).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade