Cidades

Antes da posse, governador eleito Rodrigo Rollemberg participou de missa

O evento religioso contou com a presença da familiares e secretários do novo governo

Jacqueline Saraiva
postado em 01/01/2015 09:06
O primeiro compromisso do governador eleito no Distrito Federal Rodrigo Rollemberg (PSB) foi participar de uma missa na Igreja Dom Bosco na manhã desta quinta-feira (1/1). A celebração ocorreu na Igreja Dom Bosco, na Asa Sul. Familiares e secretários do novo governo participaram do evento religioso.

[VIDEO1]

;Vamos trabalhar quatro anos para entregar uma Brasília melhor do que recebemos;, disse Rollemberg assim que chegou ao local. Ele também fez questão de reforçar o compromisso com os trabalhadores, diante da crise de pagamentos atrasados no funcionalismo local: ;Com certeza iremos fazer de tudo neste primeiro momento para equilibrar a economia a fim de não deixar nenhum salário atrasar;.

[FOTO358449]

A missa foi celebrada por dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília, com auxílio de dom Marcony Ferreira, bispo auxiliar. A mãe do agora governador de Brasília, Teresa Rollemberg, foi a primeira a falar na celebração. Ela pediu bênçãos para os governantes que hoje assumem os mandatos.

"Chegou o grande dia"
O evento religioso durou 1h20. Ao final, Rollemberg agradeceu a Deus, aos bispos e familiares: ;Meu único desejo é servir bem ao povo de Brasília;. No perfil oficial no Facebook, o futuro gestor da cidade expôs a ansiedade com a posse: ;Chegou o grande dia. Hoje começa a maior missão da minha vida: governar o Distrito Federal. Peço a Deus que me dê sabedoria e discernimento para poder trazer o melhor pela população;.

[SAIBAMAIS]Durante o sermão, dom Sérgio afirmou que a igreja colabora com os que governam a cidade, mas que não existem vínculos políticos ou partidários. Rollemberg, que nasceu no Rio de Janeiro, mas mudou-se para Brasília ainda criança, é católico e frequentou paróquias durante a campanha eleitoral.

O novo secretário de Relações Institucionais, Marcos Dantas, demonstrou total apoio a Rollemberg: ;Estamos ansiosos. Hoje é um dia especial. Vamos trabalhar muito nos próximos anos para Brasília avançar". O futuro vice-governador, Renato Santana, também fez promessas: ;Vamos governar, a partir de hoje, para resgatar Brasília".

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Arthur Bernardes, o tenente-coronel Cláudio Ribas, da Casa Militar e o deputado federal, Júlio Delgado (PSB-MG) também estiveram presentes na celebração. Durante todo o evento, Rollemberg foi observado de longe por três homens responsáveis pela segurança do governador eleito.

Durante a missa uma criança passou mal e foi atendida pelos bombeiros. O compromisso seguinte, na Câmara Legislativa, está previsto para as 10h. Depois, haverá a transmissão de cargo - a expectativa é que o petista Agnelo Queiroz passe a faixa ao socialista, no Palácio do Buriti, às 11h. Desta vez, não haverá coquetel de encerramento após a cerimônia de posse. A ordem do futuro governador é economizar na festa - que seja "sem pompa".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação