Publicidade

Estado de Minas

Policiais se comovem com ladrão, pagam fiança e fazem compras para ele


postado em 13/05/2015 23:14 / atualizado em 14/05/2015 14:34


Após tentar furtar 2kg de carne em um mercado de Santa Maria, o desempregado Mário Ferreira Lima foi preso em flagrante. Mas a polícia se comoveu com a história do rapaz: depois que ele contou a história de vida dele, policiais pagaram a fiança e ainda fizeram compras para a família. Entregaram os mantimentos nesta terça-feira (13/5), na casa do suspeito, no Jardim Ingá, cidade do Entorno do DF.

Trata-se de um eletricista desempregado, que sustenta um filho com o benefício que recebe por mês do programa Bolsa Família. Como o dinheiro não havia sido depositado na conta, Mário tentou roubar 2kg de carne de um mercado, mas foi pego pelo dono do estabelecimento, que chamou a polícia.

Durante o depoimento, na 20ª Delegacia de Polícia (Gama Oeste), ele começou a passar mal. Depois de se acalmar, relatou que, há quase um ano, a mulher dele sofreu um acidente e passou oito meses no hospital. Por isso, Mário perdeu o emprego. Quando ela se recuperou, ela foi morar com um filho de outro casamento, porque a família estava sem dinheiro para lhe atribuir os cuidados necessários.

Sobrou para o suspeito a responsabilidade de criar sozinho um filho, de 12 anos, que estuda na parte da tarde e precisa de cuidados pela manhã. Enquanto o adolescente está na escola, o pai tenta fazer bicos para sustentar a casa. Mas, segundo relatou, há dois meses ele não consegue nada.

Diante da situação, o delegado colocou uma fiança estipulada em R$ 270, valor pago por uma agente da Polícia Civil que ficou sensibilizada com a história. Outro agente resolveu dar a ele R$ 30 para que ele pagasse o valor da carne.

No fim do dia, houve uma vaquinha e os policiais fizeram uma compra de mês. Entregaram tudo na casa dele, por volta de 19h30.

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (SEDHS) informou que não houve atraso no pagamento do benefício do Bolsa Família de Mário, previsto para a próxima segunda-feira (18/5).

Confira a íntegra da nota:

"A Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social – Sedhs informa que não há atraso no pagamento dos benefícios do Programa do Bolsa Família. Existe um calendário de pagamentos, estabelecido pelo Governo Federal, que altera de acordo com o mês e com o final do NIS (Número de Identificação Social) do beneficiário. Neste mês de Maio/2015, os pagamentos do PBF começam no dia 18 (segunda-feira). É importante ressaltar que, os repasses dos benefícios do Bolsa Família são feitos diretamente pelo Governo Federal."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade