Publicidade

Estado de Minas

Projeto que muda o nome da Ponte Costa e Silva é aprovado com 14 votos

Do deputado Ricardo Vale (PT), o PL 130/2015 prevê a troca do nome para Ponte Honestino Guimarães


postado em 30/06/2015 22:13

(foto: Edilson Rodrigues/CB/D.A Press)
(foto: Edilson Rodrigues/CB/D.A Press)
 

 

O projeto de lei 130/2015, que muda o nome da Ponte Costa e Silva para Ponte Honestino Guimarães, do deputado Ricardo Vale (PT), foi aprovado com 14 votos favoráveis, 5 abstenções e 5 ausências, na noite desta terça-feira (30/6), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Para o autor da proposta comemorou o resultado. "Não devemos esquecer o período da ditadura e temos de manter viva a democracia. Honestino morreu por ela", disse.

Outros parlamentares também elogiaram o projeto. "Fui do movimento estudantil e Honestino foi um dos poucos estudantes a resistir à ditadura. O presidente Costa e Silva foi o signatário do Ato Institucional nº 5, que estabeleceu o regime de fato. Brasília não pode aceitar o nome de um ditador exposto numa placa", criticou o distrital Rodrigo Delmasso (PTN). A deputada Liliane Roriz sugeriu que sejam feitas audiências públicas para avaliar se a cidade aprova a mudança.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade