Publicidade

Estado de Minas

Dois terreiros de candomblé são incendiados no Entorno do DF

A ocorrência mais grave é a de Santo Antônio do Descoberto (GO). O terreiro ficou todo destruído pelo fogo. Em Águas Lindas, homens usaram carro para derrubar portão


postado em 12/09/2015 15:06 / atualizado em 12/09/2015 17:25

Portão do terreiro de Águas Lindas foi derrubado pelos criminosos(foto: Reprodução/WhatsApp)
Portão do terreiro de Águas Lindas foi derrubado pelos criminosos (foto: Reprodução/WhatsApp)
 
Pouco mais de um mês após um ataque a um terreiro de religião de matriz africana, pelo menos dois templos da mesma doutrina foram incendiados na madrugada deste sábado (12/9) no Entorno do Distrito Federal. Um caso ocorreu em Santo Antônio do Descoberto e o outro, em Águas Lindas, ambos municípios goianos a aproximadamente 50 Km do DF.

Vizinhos tentaram ajudar, mas não conseguiram apagar o fogo em Santo Antônio do Descoberto (GO)(foto: Reprodução/WhatsApp)
Vizinhos tentaram ajudar, mas não conseguiram apagar o fogo em Santo Antônio do Descoberto (GO) (foto: Reprodução/WhatsApp)

A ocorrência mais grave é a de Santo Antônio do Descoberto. O terreiro ficou todo destruído pelo fogo. Uma vizinha disse que viu os primeiros estalos, no telhado, por volta das 6h. Outros vizinhos tentaram ajudar, mas não conseguiram apagar o fogo a tempo de evitar a destruição do espaço onde adeptos do candomblé se reúnem. O mesmo templo havia sofrido um ataque parecido em 5 de agosto.

Grupo fugiu em carro

Já em Águas Lindas, homens não identificados invadiram um terreiro para também atear fogo. Testemunhas contam que eles chegaram em uma Saveiro, que derrubou o portão do templo. Mas vizinhos acordaram e correram a tempo de apagar as chamas e evitar um dano maior. O incêndio se alastrou por roupas no varal e queimou uma cadeira e uma parede.

O terreiro de Santo Antônio do Descoberto (GO), que já foi alvo de um ataque, ficou destruído(foto: Reprodução/WhatsApp)
O terreiro de Santo Antônio do Descoberto (GO), que já foi alvo de um ataque, ficou destruído (foto: Reprodução/WhatsApp)

O espaço fica na Rua Mato Grosso, no Setor Guaíra 1, periferia de Águas Lindas. A casa está aberta desde 1993. Até então, nunca havia sofrido ato de vandalismo.

Nos dois casos, ninguém se feriu, mas também ninguém acabou preso. Ocorrências foram registradas nas delegacias das cidades. Mas, como não há delegados em ambas, os ataques só devem começar a serem investigados na segunda-feira (14/9).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade