Publicidade

Estado de Minas

Refeições nos 13 restaurantes comunitários do DF estão mais caras

A mudança faz parte de um pacote de medidas anunciado pelo governador Rodrigo Rollemberg na semana retrasada com o objetivo de tirar o DF da crise financeira


postado em 01/10/2015 13:04 / atualizado em 01/10/2015 14:32

O novo preço para refeições nos 13 restaurantes comunitários do Governo do Distrito Federal (GDF) começa a vigorar nesta quinta-feira (1/10). Os pratos, antes cobrados a R$ 1, passam para R$ 3. A mudança faz parte de um pacote de medidas anunciado pelo governador Rodrigo Rollemberg na semana retrasada com o objetivo de tirar o DF da crise financeira.
 
Movimentação no restaurante comunitário do Recanto das Emas (foto: Breno Fortes/CB/D.A. Press. )
Movimentação no restaurante comunitário do Recanto das Emas (foto: Breno Fortes/CB/D.A. Press. )

Leia mais notícias em Cidades

 
Segundo o Executivo, o custo de uma refeição é de R$ 6,75, portanto R$ 3 vão ser pagos pela população e o restante (R$ 3,75) pelo GDF. Atualmente, cada restaurante comunitário serve, em média, 2,5 mil refeições por dia. Com a mudança, o objetivo é economizar quase R$ 1,5 milhão dos cofres públicos.

O primeiro restaurante comunitário foi inaugurado em 11 de setembro de 2001, em Samambaia. Na época, o valor gasto pelo governo, ainda segundo o Executivo, era de R$ 1,49, quando eram servidas 2 mil refeições diariamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade