Publicidade

Estado de Minas

Terceirizados da Saúde ameaçam cruzar os braços por atraso nos salários

Os profissionais, vinculados à empresa Sanoli - fornecedora de alimentos para a rede hospitalar do DF - fizeram mobilização na manhã desta terça-feira (6/10), na porta do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF)


postado em 06/10/2015 10:42 / atualizado em 06/10/2015 11:28

Garçons, cozinheiros e chefes de cozinha do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) fizeram mobilização em frente à unidade na manhã desta terça-feira (6/10). Cerca de 50 pessoas participaram do ato, organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Refeições Coletivas (Sinterc). Um caro de som foi posicionado próximo à portaria central do hospital.

Mobilização dos terceirizados em frente ao Hospital de Base do DF(foto: Mariana Laboissiere/CB)
Mobilização dos terceirizados em frente ao Hospital de Base do DF (foto: Mariana Laboissiere/CB)

Leia mais notícias em Cidades

Os profissionais, vinculados à empresa Sanoli – fornecedora de alimentos para a rede hospitalar do DF – reclamam do atraso no pagamento dos salários. Segundo a categoria, o valor deveria ter entrado na conta nesta manhã.

Segundo o presidente do Sinterc, João Moisés de Morais, a mobilização de hoje pode ser entendida como uma “pré-paralisação”. “A empresa (Sanoli) nos informou que não teria dinheiro para nos pagar por falta de repasse do GDF, mas nós queremos os nossos salários na conta, caso contrário, amanhã paramos totalmente” anunciou.
 
A Secretaria de Saúde informou, por meio de nota, que a empresa Sanoli, responsável pela alimentação dos servidores, pacientes internados e acompanhantes, recebeu pagamento referente à prestação de serviço em todos os meses deste ano.
 
“O último repasse, no valor de R$ 5,6 milhões, foi efetuado nesta segunda-feira (5/10). Portanto, não há atraso no pagamento à prestadora de serviço.Em 2015, a Saúde já pagou à empresa o total de R$ 84,7 milhões”, esclareceu a pasta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade