Publicidade

Estado de Minas

Marcha das Mulheres Negras interdita Eixo Monumental

A previsão inicial da PM era de que o grupo ocupasse apenas duas faixas da pista, mas três estão bloqueadas no sentido Rodoviária do Plano Piloto


postado em 18/11/2015 10:57 / atualizado em 18/11/2015 11:38

Organizadores estimam a presença de 10 mil pessoas(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
Organizadores estimam a presença de 10 mil pessoas (foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
Cerca de 4 mil pessoas, segundo informações da Polícia Militar, marcham pela Via S1 do Eixo Monumental durante a realização da Marcha das Mulheres Negras. Todas as faixas da Via N1, na altura do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, precisaram ser fechadas para que o grupo pudesse atravessar, o que gerou impacto no trânsito. Os organizadores estimam a participação de 10 mil pessoas.
 
Leia mais notícias em Cidades

É a primeira vez que a marcha nacional acontece. O objetivo é reunir o máximo de organizações de mulheres negras(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
É a primeira vez que a marcha nacional acontece. O objetivo é reunir o máximo de organizações de mulheres negras (foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
Os integrantes do movimento seguem para o Museu da República, na Esplanada dos Ministérios. A previsão inicial da PM era de que o grupo ocupasse apenas duas faixas da pista, mas três estão interditadas no sentido Rodoviária do Plano Piloto. As demais (outras três), estão livres para os carros.

É a primeira vez que a marcha nacional acontece. O objetivo é reunir o máximo de organizações de mulheres negras, assim como outras entidades do movimento negro e mobilizar essas pessoas em homenagem aos ancestrais e em defesa da cidadania plena das negras brasileiras. Em 20 de novembro se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade