Publicidade

Estado de Minas

Após meses de debate, GDF começa a pintar as ciclofaixas em Águas Claras

A implementação foi alvo de polêmica e diversas vezes adiada por insatisfação de setores da comunidade e articulações dentro do próprio governo


postado em 21/03/2016 16:27 / atualizado em 21/03/2016 19:38

 
O projeto batizado de Mobilidade Ativa integrará as vias compartilhadas por bicicletas e carros a calçadas, ciclovias e com o transporte público da região administrativa(foto: Rodas da Paz/Divulgação)
O projeto batizado de Mobilidade Ativa integrará as vias compartilhadas por bicicletas e carros a calçadas, ciclovias e com o transporte público da região administrativa (foto: Rodas da Paz/Divulgação)
O Governo do Distrito Federal começou a implantar as ciclofaixas nas principais avenidas de Águas Claras. O projeto batizado de Mobilidade Ativa integrará as vias compartilhadas por bicicletas e carros a calçadas, ciclovias e com o transporte público da região administrativa. A implementação foi alvo de polêmica e diversas vezes adiada por insatisfação de setores da comunidade e articulações dentro do próprio governo.

Leia mais notícias em Cidades.

O projeto é de autoria de técnicos da Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação (Segeth) e é apontado por especialistas e ativistas da bicicleta como um dos mais eficientes já elaborados, justamente por integrar a bicicleta ao transporte público. A presidente da Organização Não Governamental (ONG) Rodas da paz, Renata Florentino, explica que a ciclofaixas trarão qualidade de vida para a população.

Para Renata, a medida faz com que as pessoas circulem mais e deixem os carros em casa, o que traz segurança para todos e ajuda a aliviar o trânsito no local. “Esse é o primeiro passo para Águas Claras corresponder à ideia de um bairro planejado. Vai humanizar as ruas, as pessoas devem circular mais, o que também traz segurança. Veremos esse resultado nos próximos meses”, afirma.

(foto: Rodas da Paz/Divulgação)
(foto: Rodas da Paz/Divulgação)

O Rodas da Paz vai acompanhar a instalação de toda a estrutura e também os primeiros meses de uso por parte da população. “Faremos isso para garantir que seja uma medida bem-vinda, para que o comerciante perceba que vai ser bom e para que os jovens passem a usar o espaço para ir à escola. É uma medida que colabora a para as pessoas tenham uma alternativa a mais para sair de casa. Águas Claras ainda precisa de muito transporte público, mas o espaço para a bicicleta incentiva quem queria deixar o carro em casa e não se sentia seguro”, destaca.

A reportagem procurou o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran), a Novacap e a Secretaria de Mobilidade para se informar sobre as próximas etapas dos trabalhos. De acordo com a assessoria de imprensa do Detran, o órgão espera concluir a pintura das faixas em 10 dias, caso não chova. O órgão também prepara uma campanha de conscientização que terá início com o fim da implementação do projeto. Além, disso, “a sinalização a ser implantada no local vai garantir a preferência do ciclista”, garante o departamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade