Publicidade

Correio Braziliense

Após 12 anos, GDF abre licitação para o fornecimento de comida em hospitais

Serão 18 empresas participantes e a expectativa é economizar 20%


postado em 19/05/2016 14:48

(foto: Dênio Simões/Agência Brasília)
(foto: Dênio Simões/Agência Brasília)
 

A Secretaria de Saúde anunciou nesta quinta-feira (19/5) a licitação para o setor de alimentação da rede. A estimativa da pasta é que os gastos sejam reduzidos em até 20%. Em 2015, o Executivo local gastou R$ 147 milhões. O processo deve ser concluído até o fim do ano.

A licitação está dividida em 13 lotes. Segundo a Secretaria, 18 empresas de cinco unidades da Federação manifestaram interesse na gestão do serviço. O valor total do contrato pode chegar a R$ 160 milhões.

"Se a gente faturar o valor com a correção monetária e a inflação isso vai para uma cifra maior. Nós vamos pagar pelo que for executado. Em média, atingimos 85% da contratação", argumentou Humberto Fonseca, secretario de Saúde.

Humberto avalia como "histórica" a contratação. "Estamos atacando a dispensação de verba indenizatória que é um grande problema", ressaltou.

A última licitação para o setor ocorreu em 2004. Desde então, a Secretaria passou a usar contratos emergenciais (que não necessitam de licitação) e verbas indenizatórias para manter o fornecimento de comida.

"É um processo complicado e que a governabilidade não depende apenas da Secretaria, mas vamos fazer de tudo para darmos celeridade e atender as recomendações judiciais e do Tribunal de Contas", concluiu Humberto.

Refeições

Atualmente, a Secretaria de Saúde oferece seis refeições para pacientes internados, acompanhantes e servidores que fazem plantão de 12 horas.

Em Santa Maria, a empresa Ceal, disponibiliza 53 mil refeições por mês. No restante da rede, a Sanoli (há 40 anos prestando serviços na Secretaria de Saúde), oferece 720 mil pratos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade