Publicidade

Correio Braziliense

Tiroteio no Riacho Fundo deixa adolescente morto e jovem ferido

Polícia Militar cogita que homicídio tenha sido em decorrência de uma negociação mal sucedida de vendas de arma


postado em 14/10/2016 21:00

Na manhã desta sexta-feira (14/10), o adolescente ítalo Castor Alves, de 16 anos, e Thiago Oliveira, 21, foram vítimas de disparos de arma de fogo, no Riacho Fundo. O adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu. Thiago fugiu e foi atingido nas nádegas. O caso ocorreu na QN 12C. A motivação, segundo a Polícia Militar, teria sido por causa de uma negociação mal sucedida de vendas de armas.

 

Leia mais notícias de Cidades

 

De acordo com a Polícia Civil, em depoimento, a vítima que sobreviveu declarou que teve uma discussão com uma terceira pessoa e que, após alguns minutos, um carro chegou no local. Nele, estavam três homens armados, que abriram fogo. Thiago foi socorrido pelo Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo) investiga o caso.

Segundo a Polícia Militar, o homicídio pode ter sido decorrência de uma discussão causada pela negociação, aluguel e venda de arma de fogo. ítalo e Thiago seriam os “consumidores”. A corporação afirma que, no desenrolar da negociação, aconteceu o desentendimento, que acabou em tiros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade