Publicidade

Correio Braziliense

Após ocupação de uma hora, estudantes votam por deixar a Câmara Legislativa

Grupo aproveitou audiência que debatia operações policiais de desocupações de escolas para entrar no Plenário da Casa


postado em 07/11/2016 20:38

Cerca de 50 estudantes entraram no Plenário para protestar(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A. Press)
Cerca de 50 estudantes entraram no Plenário para protestar (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A. Press)
 
Estudantes que protestam contra a reforma do ensino médio e a proposta de emenda constitucional que congela os gastos públicos ocuparam o plenário da Câmara Legislativa no início da noite desta segunda-feira (07/11). O grupo participava de uma audiência pública organizada pela Liderança do PT na Casa, com o objetivo de discutir as operações policiais de desocupação de escolas. Durante uma hora e meia eles conversaram no Plenário e, por fim, optaram por desocupar o local.
 
Os ocupantes decidiram sair de lá porque seguranças fecharam a saída e entrada e eles não teriam acesso ao banheiro. Além disso, estavam com fome e concordaram que tiveram espaço para fala durante a audiência pública.

No local, estavam cerca de 50 pessoas, entre alunos dos colégios Setor Oeste, Elefante Branco e Centro de Ensino Médio Ave Branca (Cemab). Pais, assessores e deputados legislativos também acompanharam a movimentação. Deputados distritais petistas como Chico Vigilante e Wasny de Roure negociaram com os alunos, assim como a deputada federal Érika Kokay.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade