Publicidade

Estado de Minas

Paralisação de ônibus atinge 200 mil pessoas em todas as regiões do DF

Os ônibus das empresas Piracicabana, Pioneira, Urbi, Marechal e São José pararam de circular das 4h às 9h, mas retornaram após este horário. De acordo com a pasta, aproximadamente 2 mil coletivos pararam


postado em 11/11/2016 12:13 / atualizado em 11/11/2016 13:13

A paralisação relâmpago de rodoviários afetou 200 mil usuários que dependem diariamente do transporte público em todo Distrito Federal na manhã desta sexta-feira (11/11). A informação é da Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal (Semob). Os ônibus das empresas Piracicabana, Pioneira, Urbi, Marechal e São José pararam de circular das 4h às 9h, mas retornaram após este horário. De acordo com a pasta, aproximadamente 2 mil coletivos pararam.

Os rodoviários cruzaram os braços contra  a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 que limita gastos públicos pelos próximos 20 anos. Eles ainda protestaram contra a reforma na previdência e a terceirização.
 
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
 
De acordo com a Secretaria de Mobilidade do DF, entre 4h às 9h o metrô reforçou a operação e as linhas convencionais e executivas da TCB (Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília) também circularam normalmente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade