Publicidade

Correio Braziliense

Conheça Max Andrade, o quadrinista que se inspira no traços de mangás

O mais conhecido é "Tools Challenge", que já possui três volumes


postado em 06/01/2017 11:00

Nascido em Uberlândia (MG), Max Andrade é um quadrinista e ilustrador de 25 anos que chegou à capital federal no ano passado, em companhia do irmão mais velho Marcos. O objetivo do rapaz é encontrar um mercado mais abrangente do que aquele que encarava em Minas Gerais. Aqui, trabalha com ilustrações e continua desenvolvendo seus trabalhos autorais. 
 
 
O lado profissional de Max surgiu em 2008, quando criou o mangá Interhigh Fight, que se passa em um ambiente escolar. "A história e os personagens foram inspirados em um acontecimento real, que aconteceu quando eu estudava", explica. Todavia, o labor duradouro de Max é a série Tools Challenge, lançada em 2011 e que conta com três volumes. 
 
A narrativa detalha a história de pessoas que vivem em um mundo parecido com o atual. Porém, cada ser humano nasce com uma ferramenta — tipo uma chave de fenda, mas em tamanhos grandes — sendo usada como objetos de proteção. Alguns indivíduos vêm ao mundo com ferramentas especiais, intituladas "série ouro" e não podem viver além de 15 anos sem a sua arma.
 
"A história possui um personagem em foco, chamado Raion. Ele nasceu com a ferramenta especial, mas teve ela roubada quando nasceu. Cada pessoa que tem a "série ouro" tem um marca de nascença que possui um sinal vital com a ferramenta. Nisso ele tenta achar sua ferramenta e, perto dele completar 15 anos, descobre onde ela está”, explica o quadrinista. 
 
Max também ganhou o concurso Silent Manga Audition, que é uma competição internacional de quadrinistas. O tema foi retornando um favor e sua história se chamou Lend a Hand (Dar Uma Mão). Ele pode ser lido gratuitamente pela internet, no site do Manga Audition.

Serviço
 
Max Andrade / Tools Challenge 
Instagram e Facebook
 
 
* Estagiária sob supervisão de Anderson Costolli 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade