Publicidade

Estado de Minas

Criança baleada no coração por policial civil na BR-070 sai do coma

A criança passou por alguns procedimentos cirúrgicos, pois a bala ficou alojada no coração. O crime aconteceu em 6 de janeiro, durante uma confusão de trânsito


postado em 11/01/2017 18:45 / atualizado em 11/01/2017 19:34

Boletim médico informou que o menino não precisa de auxílio de aparelhos para respirar (foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
Boletim médico informou que o menino não precisa de auxílio de aparelhos para respirar (foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
 
O menino de seis anos baleado no peito por um policial civil do Distrito Federal na BR-070 apresentou melhora e saiu do coma induzido, de acordo com boletim do Hospital Santa Helena, na Asa Norte. A criança passou por alguns procedimentos cirúrgicos, pois a bala ficou alojada no coração.  O crime aconteceu em 6 de janeiro, durante uma confusão em um engarrafamento que se formou no local, por conta de obras na rodovia. 
 

O boletim informou que o menino não “necessita mais de auxílio de aparelhos para respirar” e que se encontra na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica. Segundo a advogada da família, Juliana Ataídes, a criança está conversando e pedindo para ir ao banheiro. 

Entenda o caso

Na BR-070, o pai do menino teria ultrapassado a fila de automóveis parados, formados por uma obra na rodovia. A manobra, no entanto, desagradou o policial civil Sílvio Moreira, 54 anos, que disparou várias vezes contra o veículo. Um dos tiros atingiu a criança. Ele alega que atirou por pensar que se tratava de uma tentativa de assalto. 

O agente está preso na Divisão Estadual de Investigações de Homicídios, em Goiânia (GO) e responderá por tripla tentativa de homicídio por motivo fútil. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade