Publicidade

Correio Braziliense

Prata da Casa: conheça o ilustrador e designer Mauro Martins

Martins deixou os Estados Unidos, onde era refém de projetos empresariais, para voltar ao Brasil e focar em trabalhos que não o pressionassem tanto, mas que fossem mais prazerosos


postado em 05/05/2017 17:20 / atualizado em 05/05/2017 23:34

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
 
O ilustrador e designer Mauro Martins, de 34 anos, formou-se em Desenho Industrial e pautou grande parte de sua carreira em agências e empresas de grande porte – mas sentia que podia ir além. Entusiasmado, o mineiro de Ituiutaba, que mora em Brasília desde bebê, decidiu dar asas à imaginação e deixá-las comandar a profissão, sem prazos apertados ou pessoas o pressionando – o paraíso de qualquer profissional.

Leia mais notícias em Cidades
 
Ao Correio, Martins lembra que chegou a ter até sete projetos ao mesmo tempo quando trabalhava em uma empresa dos Estados Unidos. "Eu deixava de lado o que eu sabia fazer de melhor, que era desenhar. Tinha de me adaptar ao estilo da empresa, então decidi, depois de fazer um 'pé de meia', trabalhar no meu próprio estilo", conta. "Foi muito produtivo, aprendi muito, mas foi muito desgastante. Então tive a ideia de produzir um diário desenhando o que vivi lá. Quando terminei, mandei para diversas revistas de design e arte", acrescenta.
 
 
 
Quando questionado sobre a preferência em desenvolver projetos em em home office, Martins afirma diz que o trabalho empresarial o incomodava muito. "Eu tinha teimosia e isso me fazia muito mal."

"Eu tento não pensar tanto em meta ou em futuro, porque isso acaba me fazendo mal, mas me considero uma pessoa realizada sim. Estou feliz como estou", desabafa. "Acho que todo essa necessidade de produzir, essa energia que eu tenho pra fazer tudo que faço vem da ansiedade. Eu acabo voltando ela pra algo positivo, algo que eu gosto", completa Martins.

Atualmente, Martins trabalha livremente, sem vínculos com empresas, e tem diversos projetos programados para o ano, incluindo a participação na 12ª Bienal Brasileira de Design Gráfico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade