Publicidade

Correio Braziliense

Licenciamento provisório pode ser retirado pela internet, no site do Detran

Motorista pode emitir documento, que tem a duração de 30 dias, pela internet. O definitivo chegará somente pelos Correios


postado em 21/07/2017 18:11 / atualizado em 21/07/2017 18:11

Posto de atendimento do Detran-DF(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Posto de atendimento do Detran-DF (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)


O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) criou o Protocolo de Autorização Provisória para a Circulação de Veículos no DF. Com o novo serviço, o motorista pode retirar a licença do automóvel pela internet e imprimir de casa uma autorização provisória, enquanto o órgão envia pelos Correios o Certificado de Licenciamento e Registro de Veículos (CRLV).  O documento provisório tem validade de 30 dias, prazo máximo para receber em casa o CRLV. 
 

Para fazer a solicitação, o cidadão precisa ter em mãos a as informações da placa e do Renavam do veículo. O sistema do Detran-DF verifica se o carro tem pendências antes de gerar o documento. Se existir alguma restrição, o próprio sistema comunica o motorista e oferece uma solução a partir de mensagens de alertas. Se o problema for débitos, o sistema gera os boletos bancários para que o dono do autómovel efetue o pagamento.

O documento provisório pode ser impresso na hora, caso não haja nenhuma restrição ao veículo. O Detran-DF destaca que será emitida uma única via e não é possível emitir a autorização duas vezes.

O diretor geral interino do Detran-DF, Silvain Fonseca, diz que o DF é um dos pioneiros na implantação de tecnologia para emissão do CRLV pela internet e que o serviço vai continuar em funcionamento. "Os postos do Detran-DF fazem de 600 a mil atendimentos por dia. Ano passado o Detran chegou a fazer 11 mil atendimentos diários nas vésperas das fiscalizações do licenciamento. Com essa tecnologia, nós vamos evitar tumulto nos postos de atendimento e esse serviço vai trazer mais conforto ao cidadão e agilizar o atendimento", conta.
 

Nas ruas 

 
O CRLV será cobrado a partir de setembro, conforme a Resolução 110 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), quando ocorre campanhas de fiscalização nas vias do país. Segundo o Detran, 62% da frota do DF não pagou o licenciamento. A multa para quem não estiver com o documento é de R$ 293,47, o motorista comete infração gravíssima, ganha sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), tem o veículo removido ao depósito do Detran e paga todas as despesas da remoção.

Como funciona

O serviço estará disponível exclusivamente no site e não poderá ser feito nos postos de atendimento do órgão. Para solicitar, o proprietário deve acessar o site do Detran-DF . No campo veículos, deve clicar no último ícone: Protocolo de Autorização de Circulação. Em seguida, preencher os campos da placa e do Renavam do veículo e seguir os demais passos solicitados pelo sistema.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade