Publicidade

Correio Braziliense

Morre empresário de Sobradinho baleado na cabeça em assalto

Clodoaldo foi atingido duas vezes na cabeça, à queima roupa, durante um assalto em sua loja de motos, em Sobradinho


postado em 06/08/2017 10:18 / atualizado em 06/08/2017 18:11

(foto: Arquivo Pessoal/ facebook)
(foto: Arquivo Pessoal/ facebook)
O empresário Clodoaldo Alencar, 47 anos, morreu após lutar três dias pela vida no Hospital de Base de Brasília. Ele teve uma parada cardíaca às 19h40 de sábado (5/8) e não resistiu. O irmão da vítima Claudenildo Alencar Nóbrega disse que o corpo será enterrado em Pombal, na Paraíba.

Leia mais notícias em Cidades

Clodoaldo foi atingido duas vezes na cabeça, à queima roupa, durante um assalto em sua loja de motos, em Sobradinho. O crime aconteceu na quarta-feira (2/8). Pelas características do crime, a polícia chegou a cogitar um acerto de contas. Mas, logo depois, descartou essa linha de investigação e começou a trabalhar com a hipótese de latrocínio.


Na sexta-feira (4/8), os investigadores da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho I) identificaram e qualificaram o autor do crime. Segundo a Polícia Civil, trata-se  de João Lucas Feitoza da Silva, 20 anos, que continua foragido.  



Luta

A vitíma estava internada em estado grave, na sala vermelha do Hospital de Base. Clodoaldo aguardava uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com suporte neurológico. Familiares e amigos fizeram esforços para conseguir o leito. Mas, ele não resistiu após uma parada cardíaca.

A família tentará fazer o translado do corpo de Cloadoldo para Pombal, cidade natal da vítima ainda neste domingo (6/8). Eles aguardam a liberação do Instituto de Medicina Legal (IML). Cloadoldo era casado e deixa quatro filhos. Dois moram em Sobradinho e os demais na Paraíba.

O circuito de segurança da loja registrou o momento do crime(foto: Divulgação)
O circuito de segurança da loja registrou o momento do crime (foto: Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade