Publicidade

Correio Braziliense

Família pede ajuda ao GDF para pagar enterro de vítimas de atropelamento

O pedido foi feito ainda nesta manhã, já que três pessoas da mesma família morreram, e eles não têm condições financeiras de pagar o velório


postado em 28/08/2017 11:03 / atualizado em 28/08/2017 11:12

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

 

A família de Rute Ester de Jesus Carvalho, 22 anos, e Gabriela de Jesus Carvalho, 19 anos, atropeladas por um adolescente embriagado de 17 anos na manhã de domingo (27/8), recorreu ao Governo de Brasília para custear o enterro das vítimas. O pedido foi feito ainda nesta manhã. Os custos para o enterro das três vítimas é alto e eles não têm condições financeiras de pagar. Além das duas irmãs, o filho de Rute, de 6 meses, também morreu no local. 

 

Leia mais notícias em Cidades

 

 

Com muito sofrimento, a prima das vítimas, Denise Carvalho contou a indignação da família. "Esse rapaz tem que pagar. Não pode ficar assim. Não vai trazer de volta, nem tirar a dor. Mas ele não vai mais fazer isso", disse. O acusado não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e dirigia, embriagado, o carro do pai. Ele perdeu o controle do veículo, acertou um poste e atingiu cinco pessoas na pista destinada a pedestres e bicicletas. Além das três vítimas que vieram à óbito, o pai das duas mulheres, Mun Sun Go e uma outra criança de 2 anos também foram atropeladas, mas sobreviveram. 

 

Segundo testemunhas, o jovem tentou fugir, mas foi contido por moradores da região. A Polícia Militar conseguiu apreendê-lo, e confirmou a embriaguez com um teste de bafômetro. De acordo com a PM, ele foi encaminhado para a 20ª Delegacia de Polícia (Gama), e depois levado para a Delegacia de Criança e do Adolescente (DCA). Ele tem antecedentes por roubo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade