Publicidade

Correio Braziliense

Policial militar acusado de matar vizinho em Samambaia continua foragido

O crime aconteceu no início da noite desta quinta-feira (7/9). A discussão entre os dois teria começado em um grupo de Whatsapp utilizado pelos moradores do condomínio


postado em 08/09/2017 08:52 / atualizado em 10/09/2017 15:17

(foto: Arquivo Pessoal)
(foto: Arquivo Pessoal)

 
O policial militar suspeito de assassinar o vizinho após uma discussão continua foragido. O crime aconteceu no início da noite desta quinta-feira (7/9). José Costa, 58 anos, foi até o apartamento da vítima, em seguida, eles entraram em luta corporal e o policial realizou os disparos. Adilson Santana, 36 anos, não resistiu e morreu no local.  
 
 
O desentendimento teria começado em um grupo de Whatsapp utilizado pelos moradores. Adilson morava em um apartamento acima do policial. Na conversa, José acusa a vítima de ter cuspido na janela dele. A 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte) investiga o caso. A Polícia Militar informou que será "instaurado o devido procedimento apuratório para o fato". 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade