Publicidade

Correio Braziliense

Lidar com as emoções é chave para sucesso nos negócios, diz especialista

Bate-papo da EI! Comunidade de Empreendedorismo com psicoterapeuta Marcos Terra destaca importância de colocar em prática a inteligência emocional


postado em 25/09/2017 11:54 / atualizado em 25/09/2017 12:43

Em dinâmica, Terra convidou participantes a construírem coletivamente uma árvore que elencava características para o empreendedor de sucesso(foto: Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)
Em dinâmica, Terra convidou participantes a construírem coletivamente uma árvore que elencava características para o empreendedor de sucesso (foto: Camila de Magalhães/FAC/D.A Press)
Quantas vezes você já deixou de frequentar um estabelecimento comercial ou utilizar um serviço por conta do mau atendimento? Certamente, algumas. E já parou para pensar o que tem por trás da forma grosseira de tratamento de funcionários e até mesmo de donos de empresas? Muitas vezes, esse mau humor pode ser levado por insatisfação, problemas conjugais ou até uma crise existencial. Segundo o psicoterapeuta, coach e empreendedor social Marcos Terra, sempre existirão problemas, dificuldades e conflitos dentro de uma organização, mas o sucesso dos negócios está diretamente ligado à forma como a equipe compreende e sabe lidar com os sentimentos. É a chamada inteligência emocional.

Na última quinta-feira (21/9), Marcos Terra esteve no Espaço Chatô para facilitar o bate-papo EI! Explore – Lidando com as emoções nos negócios, promovido pela EI! Comunidade de Empreendedorismo e Inovação da Fundação Assis Chateaubriand. Durante a conversa, o especialista falou sobre conceitos, contou casos reais, despertou reflexões e convidou os participantes para a dinâmica Árvore da construção coletiva, em que lançou o desafio de o grupo distribuir, pelo tronco e galhos de uma árvore fictícia, algumas características fundamentais para o sucesso profissional. Na atividade, ele levou como exemplo a comunidade EI. 

Para Marcos, compreender a importância do coletivo e saber trabalhar em equipe são pontos chave. “A principal peça de uma organização é o capital humano. Como estão nossas relações interpessoais? E como posso falar de relações interpessoais se não consigo lidar comigo mesmo? Olhe para dentro de si mesmo, observe seus conteúdos mal elaborados de natureza emocional”, observou. Ele defende que é preciso lidar com a raiva, o medo, a tristeza, a alegria de tal maneira que essas emoções não prejudiquem. “Ao contrário, elas podem ajudar no meu processo. Onde vamos parar com mágoas mal elaboradas ou a culpa que nos arrasta e prejudica nosso desenvolvimento?”, questionou.

O encontro inspirou a massoterapeuta Cláudia Albuquerque, 46 anos, que está no ramo das massagens há cerca de cinco anos. “A  gente tem que agregar o conhecimento na nossa forma de trabalhar, na nossa forma de tratar as pessoas. É muito importante trabalhar essa consciência sobre o  emocional”, destacou ela. 

De olho nas conexões promovidas pelo bate-papo, o empreendedor do ramo imobiliário Leonardo Guerra, 42, disse que encontrou  na comunidade EI um ambiente para discutir empreendedorismo sob vários aspectos. “Isso é super importante para a sociedade.  A gente que acredita na sociedade tem que se capacitar. E aqui temos a oportunidade de trocar ideias, crescer e ajudar os outros a crescerem”, avaliou Guerra.

Anote na agenda

O próximo bate-papo EI! Explore previsto para 5 de outubro. A proposta da Fundação Assis Chateaubriand para essa série de encontros da EI! Comunidade de Empreendedorismo é juntar pessoas com atitude empreendedora e colocar em debate temas relevantes para quem pensa de forma criativa e acredita no potencial inovador de Brasília. E o valor dos ingressos, quem define é o participante.  A proposta colaborativa serve para a construção da comunidade EI! e viabiliza a realização de mais eventos. Informações: www.facbrasil.org.br e www.facebook.com/fundacaoassischateaubriand

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade