Publicidade

Correio Braziliense

Motorista de Uber é denunciado por tentativa de homicídio

O réu teria utilizado um taco de beisebol para agredir o passageiro por motivos fúteis, segundo denúncia


postado em 25/09/2017 15:48 / atualizado em 25/09/2017 16:33

O motorista Edson Oliveira Ramos foi denunciado por tentativa de homicídio pela 1ª Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Brasília. Em julho deste ano, o acusado prestava serviços para o aplicativo Uber quando entrou em conflito com dois passageiros e agrediu um deles com um taco de beisebol. A acusação foi recebida na última quinta-feira (21/9).
 

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pediu a prisão preventiva de Edson, que já responde por outras duas tentativas de homicídio quadruplamente qualificado praticadas no ano passado, em Luziânia (GO). 

Conforme a denúncia, o crime ocorreu por motivação fútil, com a utilização de um objeto que tornou difícil a defesa da vítima. O acusado responderá por tentativa de homicídio duplamente qualificado. Segundo o TJDFT, um defensor público deve ser indicado para defender o réu.

Caso

A vítima e um amigo solicitaram transporte, por meio do aplicativo Uber, na saída de um bar no Setor de Indústrias Gráficas (SIG), com destino ao Sudoeste, na madrugada do dia 22 de julho. O desentendimento teve início após o motorista reclamar sobre a demora da chegada dos passageiros, fato que teria feito com que ele perdesse uma corrida melhor.

A agressão começou quando o carro chegou ao destino. Edson saiu do automóvel portando um taco de beisebol e partiu em direção à vítima, atingindo-a com golpes na cabeça que ocasionaram traumatismo craniano. O outro passageiro interveio até o motorista fugir do local. Não há informações sobre o estado da vítima.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade