Publicidade

Correio Braziliense

Detran premia vencedores de concurso para educação no trânsito

Com 14 categorias, as premiações chegaram a R$ 5 mil. Os valores foram pagos com parte do dinheiro arrecadado de multas de trânsito


postado em 14/12/2017 19:15 / atualizado em 14/12/2017 19:15

Cerimônia para os vencedores do 1º Prêmio de Educação de Trânsito no Detran-DF(foto: César Tadeu)
Cerimônia para os vencedores do 1º Prêmio de Educação de Trânsito no Detran-DF (foto: César Tadeu)
Um parte do valor arrecadado com as multas de trânsito foi transformado em prêmios para a população do Distrito Federal. No total, foram distribuídos R$ 140 mil entre 14 categorias do 1º Prêmio de Educação de Trânsito, oferecido pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). A solenidade de entrega aos 42 vencedores do concurso ocorreu, na manhã desta quinta-feira (14/12), no auditório do Detran. Para cada categoria, foram distribuídos três prêmios, classificados em primeiro, segundo e terceiro lugar, que receberam, respectivamente, R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil. 


Para participar do certame, os inscritos deveriam ser estudantes, das séries inciais à universidade, bem como moradores do DF. Os participantes concorreram com a confecção de desenhos, colagens, crônicas e redações relacionados à segurança no trânsito. A pequena Rayssa Vitória, 8 anos, é aluna do segundo ano da educação infantil da Escola Classe 42 de Taguatinga e ganhou o primeiro lugar da categoria Ensino Fundamental (1º ao 3º ano). "Eu tô pensando em colocar o dinheiro na poupança, pra quando eu for fazer faculdade de desenho. O que eu mais gostei do concurso foi quando eu fui lá na frente receber o prêmio, 'tava' todo mundo gritando meu nome", disse sorridente.

O fotógrafo Warlei Alves de Brito, pai de Rayssa, estava muito feliz com a participação da filha e comentou que o concurso foi importante na vida da menina. "Recentemente quase sofremos um acidente de trânsito. Minha filha e eu estávamos em um carro que o motorista dirigia mexendo no celular e por pouco ele não bateu o veículo. Ela ficou muito nervosa e acho que esse fato a incentivou a participar."

Desenho de Rayssa Vitória vencedora do primeiro lugar da categoria Ensino Fundamental (6º ou 7º ano)(foto: César Tadeu)
Desenho de Rayssa Vitória vencedora do primeiro lugar da categoria Ensino Fundamental (6º ou 7º ano) (foto: César Tadeu)
Menos sorte do que Rayssa, a professora do Centro de Ensino Fundamental 05 do Guará II Vânia Borges de Carvalho, 49, foi a única sobrevivente de um acidente, em 2010, em que morreram o marido dela e os quatro filhos do casal. O sofrimento da professora, que além de perder a família teve 70% do corpo queimado,  foi transformado no livro Pérolas no asfalto, escrito por ela. "Íamos passar férias em Fortaleza, no caminho, batemos em outro carro. Só eu sobrevivi". Vânia fala sobre a importância de participar de uma comemoração como essa. "Enquanto muitos desistem, eu optei por continuar, transformei o meu luto em luta. É preciso educar para o trânsito, dirigir por nós e pelos outros", assegura. Vânia participou do evento dando o seu testemunho. 

Já a professora de Altas Habilidades Luciane Osório, do Centro Educacional II de Brazlândia, foi uma das convidadas para representar os docentes na entrega dos prêmios. "Além do caráter educativo, é uma grande oportunidade para os alunos mostrarem o talento que possuem". Da escola que leciona, três alunos foram premiados. Entre eles, está o estudante do 9º ano Pedro Jonatas Barbosa, 16, que ficou com a primeira colocação na categoria Ensino Fundamental (8º ou 9º ano). "Com o dinheiro, vou ajudar minha mãe, comprar um celular e roupas pra mim", enumerou o garoto. 

Para escolher os trabalhos premiados, o Detran-DF criou uma comissão formada por 15 servidores de diferentes unidades do órgão. Segundo o departamento, foram selecionados aqueles que assimilaram melhor a ideia de bom convívio no trânsito. Entre os temas abordados, estavam Minha escolha faz a diferença no trânsito e Escolha viver. Decida pelo trânsito seguro. O diretor-geral do órgão, Silvain Fonseca, afirmou que o objetivo principal do concurso é diminuir as taxas de acidentes e mortes no trânsito do Distrito Federal. "Pretendemos dar continuidade ao projeto", afirmou.   

Para conhecer todas as categorias e os ganhadores, é só acessar o site do Detran-DF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade