Publicidade

Correio Braziliense

Saúde recebe 23 profissionais do Mais Médicos e reforça atenção primária

No total, a capital conta com 102 médicos do programa, que atuam no atendimento de atenção primária à saúde


postado em 08/01/2018 18:53 / atualizado em 08/01/2018 21:28

Saúde bucal é parte do atendimento da Estratégia Saúde da Família(foto: Dênio Simões/Agência Brasília)
Saúde bucal é parte do atendimento da Estratégia Saúde da Família (foto: Dênio Simões/Agência Brasília)

A rede pública de saúde do Distrito Federal recebeu, nesta segunda-feira (8/1), 23 médicos que atenderão à Estratégia Saúde da Família (ESF). Os profissionais integram o programa Mais Médicos e trabalharão em unidades básicas, com foco na atenção primária.
 
Os médicos do programa recebem do Ministério da Saúde uma bolsa mensal de aproximadamente R$ 11 mil. Cada profissional ganha, também, R$ 600 em vale-alimentação e R$ 1,5 mil para moradia. Os auxílios são pagos pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF).

De acordo com a pasta, o reforço contribui para o aumento na cobertura de saúde da família, cuja meta para junho é atingir os 70%. Atualmente, os atendimentos estão em 50% da capacidade. 

Os médicos do programa precisam passar por um curso de especialização e aperfeiçoamento na atenção primária. O DF conta com 102 profissionais do Mais Médicos, distribuídos em todas as Regiões de Saúde - exceto a Centro-Norte, que engloba Asa Norte, Cruzeiro e Lago Norte. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade