Publicidade

Correio Braziliense

Metrô compra peças para a manutenção de 20 trens

Os itens foram vendidos pelo Metrô de São Paulo, que modernizou o transporte e não faz mais uso dos objetos, que já não mais fabricados


postado em 10/01/2018 21:06 / atualizado em 10/01/2018 22:30

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 
A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) encontrou uma alternativa para fazer a manutenção de 20 trens da Série 1000, cujas peças já não são mais fabricadas. Em um acordo com o Metrô de São Paulo, a empresa comprou 205 peças reservas para o sistema de tração, freio e acoplamento dos veículos. 


Antes, as peças de um trem fora de operação eram usadas nas manutenções de outros veículos. Porém o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) recomendou, em 2015, a suspensão da prática.

A aquisição custou mais de R$ 4,1 milhões e os itens devem chegar de São Paulo em fevereiro. O objetivo é evitar o avanço no sucateamento e manter os transportes circulando com segurança. Segundo a companhia, a vida útil de um trem é longa, mas é necessário fazer a manutenção adequada, seja preventiva ou corretiva. 

Apesar de parte dos objetos já terem sido usados nos trens de São Paulo, o Metrô-DF garante que toda a compra foi avaliada pela equipe técnica e está em condições operacionais, além de ter 3 meses de garantia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade