Publicidade

Correio Braziliense

Seis são presos por manterem pássaros ilegalmente no Riacho Fundo

O flagrante da Polícia Militar ocorreu após uma ligação, a qual denunciava a exposição e um torneio de canto de aves no local. O caso foi registrado na 27ª Delegacia de Polícia (Recando das Emas)


postado em 14/01/2018 15:35 / atualizado em 14/01/2018 17:48

Pássaros eram das espécies papa-capim, trinca ferro e coleiros(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Pássaros eram das espécies papa-capim, trinca ferro e coleiros (foto: Polícia Militar/Divulgação)
Seis homens foram presos neste domingo (14/1), na QC 05 do Riacho Fundo II, acusados de manter 26 pássaros da espécie canoros ilegalmente. O flagrante da Polícia Militar ocorreu após uma ligação, a qual denunciava a exposição e um torneio de canto de aves no local. O caso foi registrado na 27ª Delegacia de Polícia (Recando das Emas).

Ao chegarem ao local, os militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMa) viram quatro carros estacionados com pássaros dentro das gaiolas. Os suspeitos foram abordados e dois deles disseram que tinham licença para a criação das aves. Todavia, nenhuma documentação ou guia de transporte dos pássaros foi apresentada.
 
No total, 20 papa-capins, quatro trinca ferro e dois coleiros foram resgatados. Os militares ainda apreenderam 29 gaiolas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade